Voltar ao início do site !Chamar por telefone !Enviar um e-mail !Acessar o FaceBook da Méritos !Acessar o Blog da Méritos !Acessar o Twitter da Méritos !

Evolução territorial de Lagoa Vermelha – RS

Autor: Ney Garcez Almeida
Págs.: 112
Edição: 1ª
Formato: 21x14 cm
Idioma: Português
Lançamento: 2008
ISBN: 9788589769563


Livro digital:

Clique para ler!

 

Texto de orelha

Juçara Spinelli,
Geógrafa, mestre em Planejamento Urbano e Regional,
professora do curso de Geografia da UPF.

Esta obra mostra a trajetória histórica da configuração territorial de Lagoa Vermelha, revelando a organização espacial do município e como o tempo influenciou na construção desse espaço.

Lagoa Vermelha se emancipou em 1881 de Vacaria e logo aos 17 anos teve seu primeiro desmembramento, hoje Veranópolis. Nos seus 127 anos de emancipação política e administrativa, particionou seu território em 9 municípios filhos, 10 netos e 8 bisnetos, o que é relatado com muita propriedade por Ney Garcez de Almeida, munido de uma composição de mapas da configuração do município a cada desmembramento.

Complementarmente, o livro aborda características geo-históricas dos municípios emancipados (ilustrados com imagens que permitem visualizar seu núcleo urbano atual). Evidenciando que não houve apenas perdas territoriais, a obra apresenta, na maioria de suas páginas (nas laterais inferiores) textos-parte de uma enriquecedora análise da dinâmica de desenvolvimento local e regional desde 1600 até a contemporaneidade.

Enfim, toda a obra é de fácil compreensão e dotada de conhecimento, o qual merece ser alcançado, transmitido, complementado...

Texto de contracapa

Profª. Ms. Luciane Rodrigues de Bitencourt

Este livro é o resultado do entusiasmo e da dedicação acadêmica do egresso do curso de Geografia da Universidade de Passo Fundo, Ney Garcez de Almeida.

O autor, atento aos rumos das transformações espaciais do município de Lagoa Vermelha, realizou uma preciosa reflexão sobre a dinâmica territorial lagoense.

Ao longo dos capítulos, o livro revela feições importantes sobre a configuração do território de Lagoa Vermelha nos aspectos de sua transformação e (re)organização espacial no período de 1881 até a atualidade. Os desmembramentos, resultantes dos processos emancipatórios, são exemplos das diversas manifestações de transformação do território que promovem novas formas e novos conteúdos às espacialidades.

O livro constitui-se numa contribuição, significativamente, importante para a compreensão da dinâmica do território e para o atendimento das questões geográficas de Lagoa Vermelha e região.

Apresentação

Zélia Guareschi Fioreze,
Professora do Curso de Geografia-UPF

O estudo do lugar, como concretização das relações sociais, é uma forma de compreender o processo de relações que se estabelecem no mundo em diferentes escalas.

O conhecimento e a compreensão da realidade de um lugar é, também, uma das condições do exercício da cidadania, considerando que é no lugar, no espaço próximo, que se estabelecem as relações cotidianas de vivência e de construção social, levando seus moradores à formação do sentimento de pertencimento. O conhecimento e o estudo do lugar-município implicam a análise do processo de construção da sociedade e do território que a abriga, pois se constitui numa parcela do espaço que possibilita a percepção do processo de apropriação e construção social. Constitui-se, assim, uma configuração e uma identidade próprias, resultantes do jogo de forças internas e também externas, pois na lógica da organização vivida pelo intenso processo de globalização que se apresenta, o município, a exemplo do país, não está isolado do mundo.

Nesta obra, Evolução territorial de Lagoa Vermelha - RS, Ney Garcez propõe-se a estudar o município sob o prisma da organização/construção/reconstrução do seu território. Esse desafio consiste em dar conta de questões teóricas, de procedimentos metodológicos, de coleta e organização dos dados, enfim, de um conjunto de elementos necessários que permitam uma reflexão que se traduza na forma como o espaço se organiza e se expressa nas relações. Com isso, evidencia a construção de identidades regionais, de elaborações culturais e o reconhecimento do território regional inserido no estado e no país.

O livro de Ney, que ora se apresenta, é resultado de um trabalho de conclusão de curso, recentemente apresentado ao curso de Geografia da Universidade de Passo Fundo. Trata-se de uma obra que vai além do aparentemente conhecido: a pesquisa de dados; a descrição da paisagem e as relações históricas. Os contextos social, econômico, político e cultural se refletem numa comunidade particular e em configurações territoriais próprias, que representam um determinado momento vivido.
Iniciando por uma fundamentação teórica que sustenta os conceitos desenvolvidos, especialmente a questão do território, idéia central do trabalho, o autor inspira-se nas relações de espaço e tempo para analisar a dinâmica dos processos emancipatórios, ocorridos em território lagoense. Ao considerar as transformações do espaço geográfico, justifica que, para entender as características atuais do município, “é necessário voltar no tempo e resgatar aspectos do passado”, como ele próprio afirma.
Ao tratar essa dinamicidade, Ney assume a questão do território e a sua transformação fazendo uma análise por partes, a cada desmembramento territorial, apresenta de forma objetiva os contextos histórico, político e social que desencadearam o processo de emancipação distrital e apresenta também, cartograficamente, a configuração territorial, otimizando as fontes e os recursos técnicos disponíveis.

Em suma, Ney teve a habilidade de circular pelo tempo e pelo espaço: trouxe a presença do índio, do tropeiro, do imigrante e centrou no território sua principal preocupação, sem perder de vista o contexto do Nordeste do Rio Grande do Sul. Paralelamente à caracterização do município e como uma espécie de “não deixar no abandono” os municípios desmembrados, apresenta, sucintamente, a situação socioespacial de cada um dos novos municípios.

Ao identificar fatos antecedentes e características dessa primeira década do século XXI, o autor traz presentes e permite analisar momentos significativos da história de Lagoa Vermelha. Não se trata de uma abordagem completa e, muito menos, concluída. Como se refere a um processo, está relacionada a uma dinâmica socioespacial contínua.

Ney está cumprindo o seu papel de geógrafo e de cidadão. Num esforço bem sucedido, brinda-nos com um rico texto para reflexão, destinado aos estudantes e estudiosos em geral, além de constituir-se num desafio para gestores e cidadãos quanto às ações no espaço geográfico.

Com certeza, ganha a comunidade de Lagoa Vermelha com mais esta contribuição sobre a sua história e sobre a história do seu território por ser geradora de conhecimentos e de instrumentos didáticos a serviço da educação formal e não-formal.

Sumário

Apresentação / 13
Nota inicial / 17
Introdução / 21

1. Lagoa Vermelha no contexto estadual / 25

1.1 Localização e características gerais / 25
1.2 Aspectos naturais / 29
1.3 A ocupação do território / 33

2. A evolução territorial de Lagoa Vermelha – RS / 41

2.1 Espaço geográfico / 41
2.2 Evolução territorial do Rio Grande do Sul / 48
2.3 Evolução territorial de Lagoa Vermelha / 51
2.4 Território e dinâmica atual / 85

Considerações finais / 99
Nota final / 103
Referências / 107

 
 

 

   
   
      


Aceitamos cartões de crédito:


(55) 54-3313-7317
E-mail: sac@meritos.com.br

© Livraria e Editora Méritos Ltda.

Rua do Retiro, 846 - CEP 99074-260
Passo Fundo - RS - Brasil


FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

Tecnologia e proteção de dados:
PAYPAL - eBay Inc.
PAGSEGURO - Universo Online S/A